nome blog

MySpace é comprado por Justin Timberlake

30 junho 2011


A gigante das comunicações americana News Corporation vendeu a rede social MySpace à empresa Specific Media, que se associou com o artista Justin Timberlake para fechar uma operação avaliada em US$ 35 milhões, confirmaram nesta quarta-feira as duas partes das negociações.

Os novos donos do portal anunciaram em comunicado que têm a intenção de "reconstruir e revigorar o MySpace".

"Há uma necessidade de um local onde os fãs possam interagir com seus artistas favoritos, ouvir músicas, assistir vídeos, compartilhar e descobrir coisas boas, e simplesmente estar conectados. O MySpace tem esse potencial", disse Timberlake, cantor e ator que, no ano passado, interpretou o papel de um executivo da concorrente Facebook no filme "A Rede Social".

Com a venda, a News Corporation deixa de controlar a rede social que adquiriu seis anos atrás por US$ 580 milhões, quando era a mais popular da internet. O valor de mercado caiu bastante devido à popularização da rede social concorrente Facebook.

O acordo com a Specific Media, companhia dedicada ao marketing online, põe fim a uma das fases menos bem-sucedidas da história da News Corporation, que estava há algum tempo buscando um comprador para o site.

A mudança de proprietários provocou nesta quarta-feira (29) o início de um processo de demissões anunciado em janeiro, que afetará cerca da metade dos 500 funcionários do MySpace.

O diretor-executivo da rede social, Mike Jones, anunciou em um memorando interno que abandonaria a empresa nos próximos dois meses. Há dois anos, quando o Facebook superou o MySpace, este último contava com 1,4 mil funcionários.

A News Corporation adquiriu o MySpace em 2005 num momento em que a rede social tinha 20 milhões de usuários por mês nos EUA e conseguiu elevar esse número para mais de 76 milhões em outubro de 2008, mas a emergência de novos concorrentes acabou prejudicando o sucesso do MySpace.

Essa rede social conta ainda com 35 milhões de usuários por mês nos EUA, um número muito inferior aos 157 milhões do Facebook nos EUA, segundo dados da ComScore.

Calcula-se que o MySpace ganhará cerca de US$ 180 milhões em publicidade em 2011, uma quantia quase três vezes menor que os US$ 605 milhões que obteve em seus melhores momentos.

Nos últimos dois anos, a News Corporation buscou concorrer firme com o Facebook, mas saiu derrotada da batalha, o que motivou a redefinição do MySpace em outubro de 2010, tornando-se uma plataforma centrada exclusivamente na promoção de conteúdos audiovisuais e de entretenimento que poderia ser vinculada a outras redes sociais, como o Facebook.

A Specific Media, sediada no sul da Califórnia, tem a intenção de fazer o MySpace voltar a ser a rede social que era em sua origem, um site onde os fãs de música possam descobrir novas músicas e bandas.

0 comentários: